Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/487
Authors: Fiorotti, Ivo
Title: Memória social das lutas pela moradia nas narrativas dos moradores da Vila União dos Operários - Canoas/RS
Keywords: Memória social;Memórias organizadoras;Trabalho de memória;Movimento social;Identidade social
Issue Date: 2015
Publisher: Centro Universitário La Salle
Abstract: O presente trabalho investiga, no campo da memória social e da sociologia, como os moradores da Vila União dos Operários dão conta do movimento social de luta pelo acesso à moradia e das mobilizações por melhores condições de habitabilidade ocorridas entre 1980 e 2014. São utilizadas categorias de análise sociológica como ator social, força social, exclusão social, resistência e identidade coletiva para compreender as dinâmicas deste movimento social. No campo teórico da memória social, os conceitos de enquadramento da memória, memórias organizadoras, memórias factuais, identidade social e trabalho de memória são as categorias, dentre outras, que conduzem esta investigação, confirmando a hipótese de que as memórias que povoam abundantemente as narrativas destes moradores estão ancoradas em eventos e acontecimentos que permitem compreender as dinâmicas deste movimento social. As memórias produzidas pelas falas dos atuais moradores são conduzidas e confrontadas com dados de fontes documentais primárias recolhidas junto à comunidade e suas organizações sociais, dentre outras, a Associação de Moradores da Vila União dos Operários – AMVUO e a Associação da Horta Comunitária União dos Operários – HOCOUNO. Os resultados deste trabalho, em particular, a reconstituição detalhada desse movimento social ancorado nas lembranças dos moradores como atores sociais e a produção de uma exposição visual com 10 banners utilizando fotos e documentos de seus principais eventos e acontecimentos, pretendem ser uma contribuição às ações das linguagens culturais desenvolvidas no Ponto de Cultura da HOCOUNO, em particular do desenho, fotografia, música, vídeo e teatro.
The present paper investigates – in the field of social memory and sociology - how the dwellers from Vila União dos Operários give account of the social movement struggle for access to housing and mobilizations for better habitation conditions which occurred between 1980 and 2014. They are used categories of sociological analysis such as social actor, social power, social exclusion, resistance and collective identity to understand the dynamics of this social movement. In theoretical field of social memory, the framing concepts of memory, organizing memories, factual memories, social identity and working memory are the main categories that lead this investigation. Related, those categories modulate the Hypothesis that the memories which abundantly populate the stories of those residentes are enchored in facts, events and ongoings which allow to understand the dynamics of this social movement. The memories produced by the speech of current dwellers are leaded and confronted with data from primary source documents collected from the community and their social organizations, among others, the Associação de Moradores da Vila União dos Operários – AMVUO and the Associação da Horta Comunitária União dos Operários – HOCOUNO. The results from this paper, in particular, the detailed reconstruction of this social movement anchored in the memories of residents as social actors and the production of a visual display with 10 banners using photos and documents of its main events and happenings, intend to be a contribution to the actions of cultural languages developed at Ponto de Cultura of HOCOUNO, in particular of drawing, photographic, music, video and theater.
metadata.dc.contributor.advisor: Graeff, Lucas
metadata.dc.contributor.advisorco: Graebin, Cleusa Maria Gomes
Appears in Collections:Dissertação (PPGMSBC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ifiorotti.pdf15.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.