Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/549
Authors: Nunes, Jéssica Maria Gregory
Title: Caracterização de resíduos e produtos da britagem de rochas basálticas e avaliação da aplicação na rochagem
Keywords: Basalto;Caracterização de partículas;Rochagem
Issue Date: 2012
Publisher: Unilasalle
Citation: NUNES, Jéssica Maria Gregory. Caracterização de resíduos e produtos da britagem de rochas basálticas e avaliação da aplicação na rochagem. 2012. 95 f. Dissertação (Mestrado em Avaliação de Impactos Ambientais em Mineração) - Centro Universitário La Salle, Canoas, 2012 Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/549. Acesso em: 25 mar. 2014.
Abstract: O presente trabalho descreve estudos de caracterização física, físico-química, química e mineralógica, de estimativa de disponibilidade de nutrientes em meio aquoso e de aplicação na rochagem de partículas de basaltos provenientes de quatro empresas localizadas no Distrito Mineiro do município de Nova Prata, no Rio Grande do Sul As amostras foram preparadas e caracterizadas quanto à umidade, massa específica, classificação granulométrica, área superficial, potencial zeta, capacidade de troca catiônica e composição elementar e mineralógica. Técnicas de difração e fluorescência de raios-X também foram utilizadas para identificar as principais fases minerais e óxidos presentes nas amostras. Para avaliar a estimativa de disponibilidade de nutrientes foram simulados diferentes meios aquosos na presença das amostras e, posteriormente, concentrações de Al, Ca, Mg, Mn, P, K, B, S, Cu e Zn foram determinadas na fase líquida por técnicas de espectroscopia molecular e de chama. Adicionalmente, estudos em escala de laboratório foram realizados para estimar a aplicação das partículas de basalto, em diferentes concentrações (2,5 g/kgsolo, 12,5 g/kgsolo e 50 g/kgsolo) na técnica de rochagem para cultivo de milhos. Os resultados mostraram que as amostras apresentaram valores baixos de umidade (0,25% para a amostra I, 0,45% para a amostra II, 0,27% para a amostra III e 0,39% para a amostra IV), valores médios de massa específica de 2,67 g/cm³ e de capacidade de troca catiônica de 1,31 meq.g-1. Todas as amostras apresentaram uma densidade de carga negativa em toda a faixa de pH analisada com um ponto isoelétrico próximo de pH 2. Ainda, as amostras foram compostas principalmente por labradorita (73,5% para a amostra I, 51% para a amostra II, 52% para a amostra III e 61% para a amostra IV) e quartzo (9% para a amostra I, 19% para a amostra II, 15% para a amostra III e 13% para a amostra IV). Os principais óxidos constituintes destas partículas foram SiO2 (65%) de , Al2O3 (13,2%), Fe2O3 (7,1%) CaO (3,5%), K2O (3,5%) e Na2O (3,1%). Adicionalmente, diversos macro e micronutrientes (Al, Ca, Mg, Mn, P, K, B, S, Cu e Zn) foram disponibilizados para o meio aquoso, indicando o potencial destas amostras para o desenvolvimento e manutenção da vida vegetal. A aplicação das partículas de basalto no cultivo de milhos mostraram bons resultados para os parâmetros de desenvolvimento vegetal avaliados no estudo, confirmando a possibilidade da utilização das amostras para rochagem. Assim, diante de todos estes resultados é possível concluir que as amostras de basalto estudadas demonstraram viabilidade de aplicação na rochagem. Este fato apresenta grande importância para o setor industrial da mineração de basalto que poderá contar com uma nova alternativa de disposição de rejeitos que poderão ser transformados em produtos. Além disto, produtores rurais da região de Nova Prata-RS poderão contar com uma alternativa economicamente viável de um produto fertilizante natural e, portanto, ambientalmente seguro.
metadata.dc.contributor.advisor: Rodrigues, Cristiane Oliveira
metadata.dc.contributor.advisorco: Kautzmann, Rubens Muller
Appears in Collections:Dissertação (PPGAIA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
jmgnunes.pdf1.5 MBpdfView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.