Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/2298
Authors: Juliano, Kátia Renata Quinteiro
Title: A percepção das educadoras do 4º ano do ensino fundamental sobre a aprendizagem dos estudantes por meio de dispositivos móveis durante a Pandemia de 2020: um estudo de caso
Keywords: Educação;Aprendizagem;Covid-19;Aplicativos em Dispositivos Móveis;Construção do Conhecimento;Tecnologias Digitais
Issue Date: 2021
Publisher: Universidade La Salle
Citation: JULIANO, K. R. Q. A percepção das educadoras do 4º ano do ensino fundamental sobre a aprendizagem dos estudantes por meio de dispositivos móveis durante a Pandemia de 2020: um estudo de caso. 2021. 127 f. Dissertação (mestrado em Educação) - Universidade La Salle, Canoas, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/2298. Acesso em: 12 nov. 2021.
Abstract: A presente pesquisa tem como foco entender as percepções de um grupo de professoras acerca das potencialidades no uso de dispositivos móveis para a alfabetização no contexto da pandemia da COVID-19. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com caráter exploratório, no formato de um estudo de caso, que parte da seguinte problemática: na percepção das educadoras, como os aplicativos em dispositivos móveis potencializam o processo de aprendizagem das crianças do 4° ano da EMEF Carlos Drummond de Andrade num contexto de pandemia da Covid19? Foram utilizados, na pesquisa, os seguintes aplicativos: Whatsapp e Google Meet. O estudo está vinculado à linha de pesquisa Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle. O referencial teórico está fundamentado nos estudos epistemológicos de Jean Piaget (2002), com foco no processo de aprendizagem da criança, a partir da ação e da interação com o meio para a construção do conhecimento. Com relação à aprendizagem alfabética, a pesquisa apoia-se na Psicogênese da Língua Escrita, de Emília Ferreiro e Ana Teberosky (2001). Quanto ao letramento digital, com Magda Soares (2002), aborda-se uma nova maneira de ler e compreender os textos, hoje compostos por diferentes mídias. Para abordar o conceito de cibercultura, foi utilizado o filósofo Pierre Lévy (2010). Os sujeitos participantes da pesquisa foram as educadoras que atuavam nos quartos anos do Ensino Fundamental da EMEF Carlos Drummond de Andrade, situada no bairro Guajuviras, na cidade de Canoas-RS. A coleta de dados ocorreu a partir de um diário de campo redigido pela pesquisadora, de documentos quantitativos institucionais dos educandos e entrevista aberta com as docentes titulares das quatro turmas. Quanto aos dados, foram analisados com base na técnica de Análise de Conteúdo de Bardin (2006), emergindo cinco categorias, a saber: acesso ao uso dos dispositivos móveis; interação e aprendizagem em meio a pandemia; mediação pedagógica; professoras e família; a importância do coletivo: trabalho em equipe; ser e sentir se professor num contexto de pandemia: possibilidades e desafios. A prática pedagógica no ano de 2020 oportunizou às educadoras firmar parcerias, buscar por alternativas que atraíssem os estudantes para suas aulas, bem como tempo para se aperfeiçoarem, pesquisando por alternativas que qualificam suas aulas. Porém, muito ainda deve ser feito e pensado para que haja uma real democratização do ensino remoto, do acesso dos estudantes e da formação de professores.
metadata.dc.contributor.advisor: Casagrande, Cledes Antonio
metadata.dc.contributor.advisorco: Backes, Luciana
Appears in Collections:Dissertação (PPGE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
krqjuliano.pdfOpen Access1.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.