Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11690/2329
Autor(es): Santos Junior, Ronaldo Vigel dos
Título: E-book: Colostrotepia: conceito, prática e benefícios
Palavras-chave: Colostro humano;Colostroterapia;Imunidade;Leite materno
Data do documento: 2021
Editor: Universidade La Salle
Citação: SANTOS JUNIOR, R. V. E-book: Colostrotepia: conceito, prática e benefícios. 2021. Trabalho de Conclusão (graduação em Nutrição) - Universidade La Salle, Canoas, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/2329. Acesso em: 03 jan. 2022.
Resumo: Introdução: A Colostroterapia é um procedimento aplicado em unidades de terapia intensiva neonatais, especificamente para RNMBP (recém nascidos de muito baixo peso) <1500g para de criar uma resposta protetora ao organismo dos recém-nascidos contra patógenos. Na colostroterapia não se visa a função nutricional, trata-se da introdução do colostro materno cru como terapia imunológica para o RN (recémnascido). Objetivos: Elaborar um e-book sobre colostroterapia abordando conceitos importantes, sua aplicação na terapia intensiva e os benefícios dessa prática. Métodos: Trata-se de uma pesquisa bibliográfica em plataformas científicas (“Google acadêmico”, "Lilacs", "Pubmed" e “Scielo”). Resultados: A pesquisa resultou em um material didático, sob a forma de um e-Book, sintetizando informações sobre colostroterapia. Conclusão: A Colostroterapia é uma prática que pode trazer muitos benefícios, com o desenvolvimento da imunidade e microbiota do RN através da estimulação dos tecidos linfáticos associados à orofaringe, além de fortalecer o vínculo entre mãe e bebê, oferece vantagens a curto e longo prazo ao RN.
Orientador(es): Lehnen,Tatiana Ederich
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Graduação (Nutrição)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
rvsantosjunior.pdfOpen Access1.21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.