Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/2843
Authors: Jung, Hildegard Susana
Balestrin, Mariana
Sudbrack, Edite Maria
Title: Políticas sociais de combate à fome e o conceito de welfare state: para uma (des)igualdade social?
Keywords: Políticas sociais;Políticas públicas;Welfare state;Desigualdades sociais
Issue Date: 2020
Publisher: Revista educativa
Citation: BALESTRIN, M.; JUNG, H. S.; SUDBRACK, E. M. Políticas sociais de combate à fome e o conceito de welfare state: para uma (des)igualdade social? Revista educativa, Goiânia/GO, v. 23, p. 1-18, 2020. Disponível em: http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/educativa/article/view/6179/4911. Acesso em: 10 maio 2022
Abstract: através de pesquisa bibliográfi ca, este artigo refl ete sobre a gênese das políticas sociais e suas interferências na formulação de políticas de alimentação, questionando o conceito de Estado de bem-estar, ou welfare state, ou ainda bien vivir como alternativa para a redução das desigualdades sociais. A crescente mobilização da sociedade civil, a ampliação dos problemas sociais, a diversidade dos indivíduos e de seus interesses impulsionam a formulação de políticas públicas no campo social. No caso das políticas sociais de combate à fome no Brasil, percebe-se uma intensa mobilização no início do século XX. Encontramos que, no Brasil, os movimentos e lutas sociais tomaram dimensões cada vez maiores e os direitos sociais conquistaram espaço. O welfare state, pese a que corra o risco de ser utilizado para a cooptação e para a lealdade, poderá ser um instrumento para a organização da classe trabalhadora para a participação e regulação das políticas públicas.
Appears in Collections:Artigo de Periódico (Pedagogia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
hsjung.pdfOpen Access769.68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.