Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/2932
Authors: Silva, Gilberto Ferreira da
Bady, Janaína Bueno
Title: Críticas ao paradigma hegemônico eurocêntrico
Keywords: Buen Vivir;Descolonialidade;Pedagogia Descolonial;Eurocentrismo
Issue Date: 2020
Publisher: Actualidades Pedagógicas
Citation: BADY, J. B.; SILVA, G. F. Críticas ao paradigma hegemônico eurocêntrico. Actualidades Pedagógicas, [S. l.], v. 1, p. 259-276, 2020. Disponível em: https://ciencia.lasalle.edu.co/ap/vol1/iss75/13/. Acesso em: 04 maio 2022.
Abstract: Neste artigo apresentamos o conceito de Bien Vivir ou Buen Vivir/ Sumac Kawsay, suas origens e divergências. O Buen Vivir aparece como princípio constitucional das novas constituições plurinacionais da Bolívia, Equador e Venezuela, propondo um paradigma comunitário e construções coletivas de forma de vida. Apresenta-se também como uma forma de pensar que se funda na cosmovisão andina, indo de encontro ao processo de colonização e subalternização dos sujeitos históricos na América Latina, propondo outras práticas sociais, epistemologias, formas distintas de relação com a natureza e visões inversas à lógica do capitalismo neoliberal. Apontamos para a necessidade de uma proposta pedagógica “descolonial”, na perspectiva do Buen Vivir que denuncie as novas formas de escravidão e busque um reencontro epistêmico, desde os povos subalternizados, perspectivando a valorização e o resgate de uma vida plena, em harmonia com a Mãe Terra (Pachamama)
Appears in Collections:Artigo de Periódico (Pedagogia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
gfsilva.pdfOpen Access212.41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.