Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/766
Authors: Moura, Samara Loureiro de
Title: O lugar dos técnicos em assuntos educacionais em uma instituição de ensino superior do sul do Brasil
Keywords: Técnicos em assuntos educacionais;Profissionalização;Análise de discurso;Socialização profissional;Ensino Superior
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: Esta pesquisa, de natureza qualitativa, vinculada à linha Formação de Professores, Teorias e Práticas Educativas, buscou compreender como o profissional Técnico em Assuntos Educacionais (TAE) se insere no espaço universitário público brasileiro. Com formação em educação, o TAE começa a delinear os caminhos para o reconhecimento de seu papel no processo educativo das universidades públicas, um cenário em que predomina a atuação dos docentes. Nessa investigação, buscou-se identificar que lugar tem o TAE na universidade, procurando compreender o papel que vem desempenhando e resgatar uma epistemologia de sua prática, já que sua identidade profissional se constrói a partir da experiência do fazer e das relações com os outros. Partiu-se das contribuições teóricas de Maurice Tardif, que vê no conjunto de saberes profissionais um elemento essencial para que as profissões possam ser reconhecidas; e de Claude Dubar, cujos estudos abordam o processo de socialização pela atividade profissional, que possibilita ao indivíduo o reconhecimento de si e pelo outro. Encontramos na Análise de Discurso elementos que tornaram possível a construção de um caminho de interpretação do discurso do sujeito-TAE, o qual se produz e adquire sentido dentro da realidade sócio-histórico-ideológica em que está inserido e pela relação com as muitas vozes que compõem a universidade. Com entrevistas semiestruturadas realizadas com dois TAES de uma instituição de ensino superior do Sul do Brasil, foi constituído um corpus para análise, cujo recorte buscou identificar como o sujeito-TAE significa o ser TAE. A partir disso, foi possível perceber que o reconhecimento do papel do TAE está ligado ao modo como se dá a relação TAE-docente. Observou-se que a questão do lugar tem tanto uma dimensão concreta de espaço físico e organizacional, com setores especializados para demandas de natureza pedagógica, nos quais o profissional esteja inserido, quanto uma dimensão de espaço simbólico, que representa o reconhecimento (principalmente por parte do professor) da razão de ser do TAE na universidade.
This research, of a qualitative nature, linked to the line Teacher Training, Educational Theories and Practices, sought to understand how the Technical Professional in Educational Affairs (TAE) is inserted in the Brazilian public university space. With a degree in pedagogy or other degrees, TAE begins to outline the paths for the recognition of its role in the educational process of public universities, a scenario in which teachers predominate. In this research, we sought to identify the place of the TAE in the university, trying to understand the role it has been playing and to rescue an epistemology of its practice, since its professional identity is built from the experience of doing and relationships with others with who develops their work. It was based on the theoretical contributions of Maurice Tardif, who sees in the set of professional knowledge an essential element so that the professions can be recognized; and Claude Dubar, whose studies deal with the process of socialization by professional activity, which enables the individual to recognize himself and the other. In the search for identifying how the TAES act to define their place in a higher level institution, we find in Discourse Analysis elements that have made it possible to construct a way of interpreting the subject-TAE discourse, which is produced and acquires meaning within the socio-historical-ideological reality in which it is inserted and the relationship with the many voices that make up the university. With semistructured interviews conducted with two TAES from a higher education institution in the South of Brazil, a corpus was created for analysis, which sought to identify how the subject-TAE means to be TAE. In this interpretive path, it was possible to perceive that the recognition of the role of the TAE is related to the way the TAE-docente relationship occurs. In addition, it has been observed that the question of place has both a concrete dimension of physical and organizational space, with specialized sectors for pedagogical demands, in which the professional is inserted, and a dimension of symbolic space, which represents the recognition, mainly on the part of the teacher, of the raison d'être of the TAE in the university
metadata.dc.contributor.advisor: Taschetto, Leonidas Roberto
Appears in Collections:Dissertação (PPGE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
slmoura.pdf967.56 kBUnknownView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.