Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/813
Authors: Muller, Márcia Beatriz Cerutti
Title: Surdez, gênero e sexualidade: um estudo sobre o imaginário social em uma escola de ensino fundamental bilíngue no Sul do Brasil
Keywords: Educação de surdos;Imaginário social;Formação docente;Gênero;Sexualidade
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: Esta Tese tem como temática investigativa o Imaginário Social na Educação de Surdos em relação à surdez, gênero e sexualidade. Esta investigação faz interface entre as Linhas de , Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle. O Imaginário Social se refere a um sistema de significações que toda a sociedade possui. Referese, portanto, à dimensão simbólica, visto que o imaginário se utiliza deste para manifestar-se traduzindo as crenças, os mitos e as concepções implícitas existentes (Castoriadis,1982). Nesta perspectiva, insere-se nos Estudos Culturais (Silva, 2000), Estudos Surdos (Skliar, 2013; Thoma, 2016; Lopes, 2007) e Estudos de Gênero (Lebedeff, 2010; Louro, 2014; Quaresma da Silva, 2012). Apresenta como problema de pesquisa: quais discursos, em relação à surdez, gênero e sexualidade vêm influenciando o imaginário social de docentes de uma Escola de Ensino Fundamental Bilíngue para Surdos no sul do Brasil e suas implicações nas práticas pedagógicas? Tem como objetivo geral investigar o imaginário social, das/os docentes, em uma Escola Bilíngue, e suas concepções em relação à surdez e às pessoas surdas, à gênero e à sexualidade e o reflexo nas práticas pedagógicas, bem como verificar como as/os discentes surdas/os se percebem em relação às temáticas. Trata-se de uma pesquisa de cunho híbrido com abordagem quali-quantitativa, desenvolvida em duas fases, na primeira um estudo de caso, utilizando entrevistas reflexivas e observações para a coleta de informações e análise através da grounded-theory. E na segunda, a análise estatística de questionários estruturados através do software SPSS 24.0. Após as análises constatou-se que: participantes concordam que a Língua de Sinais é muito importante, no entanto, o grupo de discentes afirma usá-la muito pouco nas interações com a família; os grupos afirmam que a escola, às vezes, discute sobre gênero e sexualidade; há indícios de um silenciamento em relação aos temas sexualidade, gênero e diversidade; colaboram para tais obstáculos a falta de formação acadêmica e o imaginário cultural e historicamente construído. Neste sentido, as dificuldades não se fixam somente no espaço da escola bilíngue para surdos. Acredita -se na necessidade de mudança, não apenas nos textos legais, nos modos de nomear os outros diferentes, mas na maneira de olhar as pessoas, e as diferentes formas de expressão e comunicação. É inegável e inevitável recomendar o planejamento de intervenções/formação para que os profissionais da educação se sintam mais seguros para realizar um trabalho de promoção e qualidade de vida dos/as discentes surdos/as. Recomenda-se, portanto, a organização de políticas públicas que deem conta das especificidades das pessoas surdas, ressaltando a importância de, ao pensar o processo educativo, é essencial organizá-lo a partir da condição bilíngue de tais pessoas.
The Thesis has as its investigative theme the Social Imagery inside the Education of the Deaf related to deafness, gender and sexuality. This investigation interacts between research lines from the postgradua Imagery refers to a system of significance from the society. Therefore, it refers to a symbolic dimension since the imagery draws on it to manifest itself translating beliefs, myths and the existent implied conceptions (Castoriadis, 1982). On this perspective, it is part of Cultural Studies (Silva, 2000), Deaf Studies (Skliar, 2013; Thoma, 2016; Lopes, 2007) and Gender Studies (Louro, 2014; Quaresma da Silva, 2012). The thesis presents as a research problem: which discourses, related to deafness, gender and sexuality are influencing the social imagery of teachers in a Bilingual Elementary School for the Deaf in the South of Brazil, and its implications on pedagogical practices? The general objective is investigate the social imagery from the teachers in a Bilingual School, and its conceptions related to deafness and deaf people, gender and sexuality and the reflection on pedagogical practices, as well as verify how deaf students understand themselves regarding to the topic. It is a hybrid research with a qualitative and quantitative approach, developed in two phases, in the first stage, a case study using reflective interviews and observations for the data collection and analysis through the groundedtheory. And in the second stage, the statistic analysis of questionnaires structured across the SPSS 24.0 software. After the analysis, it was found that: participants agree that the Sign Language is quite important, however, the group of teachers claim using too little on family interactions; the groups state that the school, at times, discuss gender and sexuality; there are indications of muzzling related to the topics of sexuality, gender and diversity; what contribute to the barriers is the lack of academic formation and the social imagery historically built. On this sense, the struggles are not only set in the place of the bilingual school for the deaf. We believe in the need for change, not only in legal texts, or in the ways of naming others who are different, but in the way we see people, and the different manners of expression and f interventions/formation so that the education professionals can feel more secure to perform the work promoting quality of life to the deaf students. Therefore it is recommended public policies organization to act upon the specificities of deaf people, emphasizing the importance of, when thinking the educational process, it is essential to organize it as of the bilingual condition of people.
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Denise Regina Quaresma da
Appears in Collections:Tese (PPGE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mbcmuller.pdf6.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.