Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1244
Authors: Carvalho, Aline Beatriz Pacheco
Title: Uma exótica na paisagem: traços de cultura, memória e um desafio à conservação do patrimônio natural
Keywords: Patrimônio natural;Paisagem;Preservação;Espécie exótica invasora
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: A presente pesquisa versa sobre a temática do patrimônio natural, enfocando a cultura, a memória e a dimensão simbólica que caracteriza as relações humanas com as paisagens naturais e culturais. Discorre sobre o sentimento de pertencimento da comunidade ao local de assentamento, representado pela memória e pelos significados atribuídos a diferentes elementos constituintes das paisagens. Analisam-se as interferências humanas sobre a natureza e as suas consequências, tais como as modificações das paisagens naturais, que podem ocasionar alterações irreversíveis à sua condição original. Aborda-se, então, a temática das espécies exóticas e invasões biológicas como causa potencial da descaracterização das paisagens e da perda de biodiversidade e, por consequência, da homogeneização dos ambientes. Partindo deste contexto, este trabalho levanta o seguinte problema: Como as espécies exóticas afetam as paisagens e quais as consequências das invasões biológicas ao patrimônio natural e cultural em áreas legalmente protegidas? Dentre as justificativas que ancoram o cerne desta pesquisa, estão: os impactos econômicos, sociais e ambientais, associados às espécies exóticas invasoras, reconhecidas globalmente como uma das principais causas de extinção de espécies e de alterações ecossistêmicas. Desta forma, objetivou-se avaliar a ocorrência da planta invasora Hovenia dulcis na Reserva Biológica Estadual Mata Paludosa e suas implicações à conservação do patrimônio natural desta Unidade de Conservação do Rio Grande do Sul. A metodologia envolveu pesquisa bibliográfica, documental e de campo. A pesquisa a campo foi realizada através de incursões para documentação fotográfica e para a aplicação de 95 formulários (face-to-face), durante o período de 2016 e 2017, entre agricultores orgânicos do município. A partir dos resultados obtidos, verificou-se que a data e as vias de introdução da uva-do-japão na paisagem são incertas, porém sua presença está disseminada na região, em áreas particulares, abandonadas e no interior da ReBio. Constatou-se, ainda, que a espécie, além de conhecida pelos entrevistados, é utilizada para desempenhar diferentes funções. Os sujeitos da pesquisa atribuem à espécie um caráter utilitário e não a associam aos prejuízos e impactos ambientais relacionados às espécies exóticas invasoras. Nesse sentido, propõem-se reflexões sobre o papel do ser humano na conservação do patrimônio natural e das paisagens frente à disseminação das espécies exóticas invasoras. Envolver a comunidade local nas discussões sobre as necessidades e desafios de conservação da ReBio, esclarecendo sobre os impactos das espécies exóticas invasoras, a descaracterização da paisagem, a perda de biodiversidade e as medidas de manejo e remediação de invasões biológicas, poderá contribuir para a conservação do patrimônio natural e cultural da região.
metadata.dc.contributor.advisor: Cademartori, Cristina Vargas
Appears in Collections:Doutorado Memória Social e Bens Culturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
abpcarvalho.pdf5,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.