Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/3353
Authors: Machado, Juliana Aquino
Title: (Re)existências na formação docente: fazeres decolonizadores desde um projeto de formação
Keywords: Formação continuada;Professores;Projeto Saberes em Dialogo;Decolonialidade;Educação Básica;Escola Pública
Issue Date: 2022
Publisher: Universidade La Salle
Citation: MACHADO, J. A. (Re)existências na formação docente: fazeres decolonizadores desde um projeto de formação. 2022. Dissertação (Doutorado em Educação) - Universidade La Salle, Canoas, 2022. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/3353. Acesso em: 17 out. 2022.
Abstract: A presente pesquisa tem como objetivo compreender e sistematizar o processo de formação continuada de professores vivido na experiência EM rede e COM a rede, a partir da experimentação de um projeto de formação desenvolvido com a Rede Municipal de Ensino de Canoas, construindo conhecimentos pedagógicos situados sobre formação continuada de professores. Ampara-se numa opção de caráter geoepistêmico, priorizando o diálogo teórico desde autores da América Latina e, principalmente, do Brasil. Explicita o entendimento acerca da necessária contextualização das discussões, numa referência que toma por pressuposto o “desde onde se fala”, atribuindo relevância no processo de articulação do fazer, pensar e sistematizar. As opções teóricas e pesquisantes articulam-se às concepções do fazer pesquisa implicada, de cunho decolonial, apostando no sentido de uma (re)existência. A tese está organizada em três partes, sendo cada uma composta por estudos autônomos. A primeira parte discute as relações entre ciência, pesquisa, linguagens e fazeres como experiência na e com a educação. A parte 2 coloca em diálogo as concepções de formação de professores presentes na literatura com as concepções emergidas dos dados empíricos produzidos no âmbito do Projeto Saberes em Diálogo, bem como evidencia os principais elementos, lacunas, avanços e tensionamentos destacados no campo da formação continuada de professores nos contextos europeu e estadunidense. A parte 3 conta a história do Projeto Saberes em Diálogo, a partir da vivência e do significado junto a sujeitos profissionais históricos e concretos, apresentando, analisando e avaliando reflexivamente os achados emergidos no/com o Projeto, à luz da literatura no campo da formação de professores, em interlocução com os conhecimentos produzidos pelos participantes. Finalmente, apresenta uma síntese das aprendizagens que foram experimentadas sobre formação continuada de professores na vivência do Projeto Saberes em Diálogo, bem como os principais achados emergidos dos estudos apresentados, trazendo reflexões que estão coadunadas com a literatura no campo, bem como com aquilo que as vivências DA e COM a experiência em formação de professores permitiu-nos construir. Dentre os principais achados da pesquisa, destacaram-se: a decolonialidade como uma escolha existencial; o pensar a pesquisa e a formação desde uma aposta geopistêmica; a possibilidade de gerar e gestar o novo, mobilizado pelas lacunas detectadas pela produção nacional e internacional na área; 9 a importância do registro, sistematização e socialização dos processos vivenciados como elementos de gestão e de pesquisa; a dissonância entre os interesses e necessidades das gestões, dos governos e daqueles que estão com o pé no chão da escola; o (des)comprometimento das gestões com os processos pedagógicos e formativos; a realização de um trabalho coletivo, colaborativo, amparado em pressupostos da horizontalidade e da gestão democrática; a avaliação permanentemente dos processos formativos desenvolvidos.
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Gilberto Ferreira
Appears in Collections:Tese (PPGE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
jamachado.pdfOpen Access13.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.