Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/652
Authors: Bernardes, Jacira Gil
Title: Democratização do acesso à leitura e à informação: a construção coletiva de um equipamento cultural
Keywords: Leitura;Juventude;Educação;Biblioteca
Issue Date: 2013
Publisher: Centro Universitário La Salle
Abstract: No presente trabalho buscamos refletir o desenvolvimento de um processo coletivo e participativo de democratização do acesso à leitura e informação na Casa das Juventudes, integrante do Projeto Territórios de Paz, no Bairro Guajuviras, Canoas/RS, Brasil. A Casa das Juventudes é um centro de formação e espaço de convivência, onde funciona o PROTEJO (Proteção de Jovens em Território Vulnerável), projeto social voltado para jovens em situação de violência e outras formas de vulnerabilidade social. Amparamo-nos na teoria de Paulo Freire para o desenvolvimento do trabalho na área da Educação Popular. A abordagem metodológica está orientada pelos pressupostos da pesquisa qualitativa, através da Pesquisa-ação. Os resultados indicam que a leitura faz parte da vida cotidiana dos jovens, uma vez que os mesmos expressam interesse e iniciativa em ter contato com livros e informações em geral. O acesso à leitura é dificultado em seus cotidianos, por vários motivos tais como: ausência de bibliotecas públicas; equipamentos e espaços culturais públicos inadequados, ou por demais suntuosos, em relação à realidade social em que estes jovens estão inseridos. O não acesso à informação configura-se mais pela falta de acervo adequado nas bibliotecas, associado ao alto custo para a aquisição de livros e outros documentos, do que a falta de interesse pela prática da leitura. Os jovens demonstram vontade de participar da construção de um equipamento cultural na Casa das Juventudes ou no bairro, desde que contemple seus desejos e motivações implicando em um acervo que contenha diferentes tipos de materiais tais como: histórias em quadrinhos, mangás, CDs, filmes e livros de literatura estrangeira, em especial referente à cultura japonesa, mitologia e literatura juvenil. Tendo em vista que este trabalho está inserido em um mestrado profissional e, portanto, gerou um produto final, instalamos, de modo participativo, um Equipamento cultural que possibilitará o acesso à leitura pelos jovens.
In this paper we reflect about the development of a participatory and collective process of democratization regarding the access to information and reading in the Casa das Juventudes, part of Peace Territories Project, in the District Guajuviras, Canoas / RS, Brasil. Casa das Juventudes is a formation center as well as a living space, where PROTEJO (Protection of Vulnerable Youth in the Territory) is currently in order, a social project aimed for young people in situations of violence and other forms of social vulnerability. We support ourselves by Paulo Freire’s theory for work development in the field of Popular Education. The methodological approach is driven by the assumptions of qualitative research, through the Action-Research. Results indicate that reading is part of young people’s everyday life, since they express interest and initiative in having contact with books and information in general. The access to reading is hampered in their daily lives for various reasons such as: the lack of public libraries; inadequate equipment and public cultural spaces, or even too sumptuous ones in relation to the social reality in which these young people are included. The lack of access to information is determined more by the lack of adequate collections in libraries, associated with the high costs of purchasing books and other documents, than the lack of interest in reading practice. Young people show a willingness to participate in the construction of cultural facilities in the Casa das Juventudes or in the neighbourhood whereas their desires are covered, implying in a collection which contains different types of materials such as comics, manga, CDs, foreign literature movies and books, particularly related to Japanese culture, mythology and juvenile literature. Considering that such work is part of a professional master and, therefore, generated a final product, we installed, in a participatory manner, cultural equipment which will allow reading access for the young people.
metadata.dc.contributor.advisor: Accorssi, Aline
metadata.dc.contributor.advisorco: Fernandes, Rosa Maria Castilhos
Appears in Collections:Dissertação (Memória Social e Bens Culturais)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
jgbernardes.pdf4.17 MBpdfView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.