Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/737
Authors: Medeiros, Diego dos Santos de
Title: A mobilização de elementos perigosos, depois de uma precipitação intensa, na bacia hidrográfica do rio Tubarão, estado de Santa Catarina.
Keywords: Contaminação por Metais;Contaminação em Corpo Hídrico;Contaminação em Sedimentos;Rio Tubarão;SC
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade La Salle
Citation: MEDEIROS, Diego dos Santos de. A mobilização de elementos perigosos, depois de uma precipitação intensa, na bacia hidrográfica do rio Tubarão, estado de Santa Catarina. 2017. 53 f. Dissertação (Mestrado em Avaliação de Impactos Ambientais) - Centro Universitário La Salle, Canoas, 2017 Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/737. Acesso em: 19 jul. 2017.
Abstract: O rio Tubarão (Santa Catarina, Brasil) é afetado pela poluição de elementos perigosos decorrentes de efluentes de minas de carvão abandonadas, atividades agrícolas, descargas urbanas, zonas industriais, entre outras. Para estudar a distribuição e fontes de poluição na bacia, nas águas e sedimentos de superfície, após uma precipitação intensa, foram coletadas amostras de 15 locais ao longo do rio Tubarão. A concentração de 24 elementos (Ag, Al, As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Hg, Mg, Mn, Mo, Ni, Pb, Sb, Se, Sn, Sr, Ti, Tl, W e Zn) foi medida por Espectrometria de Massa de Plasma Acoplado Indutivamente (ICP-MS) e a composição mineralógica dos sedimentos por espectroscopia Raman e difração de raios X (XRD). As concentrações de metais na água e sedimentos mostraram ampla variação espacial devido à variabilidade nas descargas de água das atividades antropogênicas após uma tempestade. O estudo mostrou que as maiores concentrações de metais na água a as menores concentrações em sedimentos foram encontradas a montante (mais perto da mineração de carvão). Os locais de amostragem na região de jusante da bacia, rio Oratório (um dos oito afluentes do estuário) apresentaram os valores mais altos de metais nas amostras de sedimentos. As Concentrações Médias Normalizadas e Pesadas (NWAC) foram calculadas, permitindo identificar, de forma muito simples, os locais com maiores níveis de contaminação (hotspots de contaminação) na área estudada. A NWAC sugeriu que os fortes eventos de precipitação poderiam afetar a distribuição de metais nos sedimentos. Os resultados deste estudo foram comparados com estudo anterior realizado na mesma área durante a estação seca por Análise de Componentes Principais (PCA), mostrando as mudanças nas condições de poluição ambiental do sedimento após um evento de precipitação intensa.
metadata.dc.contributor.advisor: Taffarel, Silvio Roberto
Appears in Collections:Dissertação (PPGAIA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dsmedeiros.pdf14.09 MBUnknownView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.