Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/859
Authors: Ramos, Claudete Gindri
Title: Avaliação preliminar do pó de rocha vulcânica ácida de Nova Prata – RS, Brasil, visando aplicação na agricultura como remineralizador de solos
Keywords: Impactos ambientais;Rocha vulcânica ácida;Resíduo de mineração;Rochagem;Disponibilidade de nutrientes;Caracterização de partículas
Issue Date: 2014
Publisher: Unilasalle
Citation: RAMOS, Claudete Gindri. Avaliação preliminar do pó de rocha vulcânica ácida de Nova Prata – RS, Brasil, visando aplicação na agricultura como remineralizador de solos. 2014. 80 p. Dissertação (Mestrado em Avaliação de Impactos Ambientais) - Centro Universitário La Salle, Canoas, 2014 Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/859. Acesso em: 8 ago. 2018.
Abstract: As características geoquímicas e mineralógicas de um resíduo de rocha vulcânica ácida, neste trabalho denominado pó de rocha, proveniente da instalação de britagem do Distrito Mineiro de Nova Prata, estado do Rio Grande do Sul (RS), Brasil, foram investigadas. Nesta região cerca de 52.400 m3 de resíduos de mineração são gerados por ano, sem uma destinação adequada. Os nutrientes potencialmente disponíveis às plantas foram avaliados através de ensaios de lixiviação reproduzidos em laboratório. Os ensaios de lixiviação de nutrientes foram realizados em água de Milli-Q, solução de ácido cítrico 1% e 2% (AC), e solução de ácido oxálico 1% e 5% (AO). O conteúdo total e lixiviável de 57 elementos foram determinados por espectrometria de massa por plasma indutivamente acoplado (ICP-MS) e por espectrometria de emissão atômica por plasma indutivamente acoplado (ICP-AES). Na composição química da amostra encontram-se presentes vários óxidos como CaO, K2O, SiO2, Al2O3, P2O5, Fe2O3. A análise por difração de raios-X (DRX) mostrou-se muito útil na identificação dos minerais presentes no pó de rocha estudado, fazendo com que fosse possível a comparação da composição química, a fim de certificar tais resultados. Os espectros obtidos permitiram a identificação precisa dos minerais como quartzo, anortita, sanidina, cristobalita e augita. As concentrações de todos os elementos estudados foram menores que 1,0 mg/kg nos ensaios de lixiviação em água de Milli-Q, evidenciando uma baixa solubilidade da amostra. Os ensaios de lixiviação em meios ácidos, permitiram verificar que as maiores frações lixiviáveis de todos os elementos estudados encontram-se nos lixiviados de AO 1%.
metadata.dc.contributor.advisor: Kautzmann, Rubens M.
metadata.dc.contributor.advisorco: Oliveira, Marcos L. Silva
Appears in Collections:Dissertação (PPGAIA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cgramos.pdf3.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.