Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11690/1439
Autor(es): Araújo, Eduardo Bugallo de
Título: Análise do ambiente da tomada de decisão tática dos coordenadores de curso de graduação de uma instituição de educação superior comunitária no Rio Grande do Sul. 2020
Palavras-chave: Gestão universitária;Decisões táticas;Tomada de decisão;Estratégia empresarial
Data do documento: 2020
Editor: Universidade La Salle
Citação: BUGALLO, Eduardo. Análise do ambiente da tomada de decisão tática dos coordenadores de curso de graduação de uma instituição de educação superior comunitária no Rio Grande do Sul. 2020. 154 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade La Salle, Canoas, 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/1439. Acesso em: 14 jan. 2021.
Resumo: O contexto institucional reserva aos gestores a exigência de decisões com prazos e recursos cada vez mais escassos, contrapondo a uma maior complexidade das variáveis ambientais que orientam este processo. Neste contexto, o presente estudo tem como principal objetivo: analisar o ambiente tático de decisão dos coordenadores de curso de graduação da Universidade La Salle, de forma ampla, contemplando o papel destes decisores no contexto da instituição. Defende a tese de que o ambiente tático de decisão dos coordenadores de curso de graduação da Universidade La Salle, de forma ampla, se apresenta complexo e heterogêneo, com integração entre todos os atores internos e externos à organização. Busca-se apurar através de um estudo de caso, com dados coletados por meio de pesquisa documental e grupos focais, e analisados pela técnica de análise de conteúdo. Para fundamentar os achados, se observou as teorias da estratégia empresarial, aliadas à tomada de decisão e gestão universitária, à luz de Porter (2005); Taylor (1978); Simon (1979); Kahneman (2012); Orasanu e Connolly (1993); Cohen, March e Olsen (1972); e Lück (2000). Os dados coletados foram tratados com software NVivo e analisados sob cinco categorias: ambiente de decisão, valores, gestão universitária, processo decisório e estratégia organizacional. Conclui-se que estes decisores estão expostos a um ambiente tático complexo e heterogêneo, e dependem de informação de qualidade, conhecimento e repertório para qualificar a sua decisão. À universidade é exigido proporcionar um sistema de informação respaldado em processos organizacionais, alinhado à gestão estratégica. A universidade deve competir com estratégia que contemple a sua essência, respaldada pela tradição cristã-lassalista tricentenária, com a adoção de mecanismos de controle e ajustes estratégicos permanentes e sistêmicos.
Orientador(es): Fossatti, Paulo
Coorientador(es): Monticelli, Jefferson Marlon
Aparece nas coleções:Tese (PPGE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ebaraujo.pdf5.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.