Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11690/2501
Autor(es): Bem, Judite Sanson de
Storck, Thiago Buzatto
Título: Auditório Araújo Vianna: controvérsias e dificuldades da gestão de um patrimônio cultural
Palavras-chave: Gestão cultural;Patrimônio cultural;Auditório Araújo Vianna
Data do documento: 2020
Editor: Trama: Indústria Criativa em Revista
Citação: BEM, J. S.; STORCK, T. B. Auditório Araújo Vianna: controvérsias e dificuldades da gestão de um patrimônio cultural. Trama: Indústria Criativa em Revista, [S.l], v. 10, n. 1, p. 214-234, 2020. Disponível em: http://periodicos.estacio.br/index.php/trama/article/view/10157/47968121. Acesso em: 10 fev. 2022
Resumo: Durante 78 anos o Auditório foi gerido pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, período este que corresponde desde sua inauguração em 1927 até 2005 quando do encerramento de suas atividades devido às inúmeras dificuldades de manutenção deste equipamento cultural. O presente artigo tem por objetivo apresentar a trajetória do Auditório Araújo Vianna desde sua primeira fase, na década de 1920, passando pela mudança de endereço da Praça da Matriz para o Parque Farroupilha, na década de 1960, seu tombamento em 1997 e, por fim, os diferentes problemas financeiros nos anos de 2000. Para realizar esta pesquisa, foi utilizado o método de pesquisa bibliográfica e documental com informações obtidas no Arquivo Municipal de Porto Alegre. Verificou-se que as dificuldades que levaram ao seu fechamento se deveram, entre outros, a junção de dois fatores: as dificuldades das ações de gestão, por parte dos agentes públicos encarregados e o comportamento da população que não respeitava o bem público, depredando-o, encarecendo sua manutenção e inviabilizando suas atividades.
Aparece nas coleções:Artigo de Periódico (Marketing)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
jsbem.pdfOpen Access853.99 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.