Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11690/2954
Autor(es): Felicetti, Vera Lucia
Rosa, Luciane de Fátima Giroto
Pereira, Marcelo Almeida de Camargo
Título: Evasão do curso de pós-graduação em gestão de negócios de universidade corporativa: percepções do estudante/empregado.
Palavras-chave: Pós-graduação;Estudante trabalhador;Mídias digitais;Evasão;Ensino a distância
Data do documento: 2021
Editor: Universidade Estácio de Sá
Citação: PEREIRA, M. A. C.; ROSA, L. F. G.; FELICETTI, V. L. Evasão do curso de pós-graduação em gestão de negócios de universidade corporativa: percepções do estudante/empregado. Educação: Teoria e Prática, Rio Claro, SP, v. 31, n.º 64, p. 1-20, 2021. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/13813/11989. Acesso em: 17 maio 2022.
Resumo: A pós-graduação em Gestão de Negócios é uma realidade e inovação na educação corporativa da instituição federal pesquisada, que, por motivos de segredo industrial não será revelada. O curso apresenta características inerentes à educação a distância (EaD), como distância no espaço e tempo e a autonomia do aluno. Com relação aos alunos dessa modalidade de ensino, torna-se importante identificar os motivos que levaram muitos deles a evadirem-se do curso. Para tanto, foi aplicado um instrumento de pesquisa cujo objetivo geral foi identificar quais razões levaram o estudante, que é empregado da empresa, a se evadir desse curso. O instrumento, de caráter quantiqualitativo, continha questões fechadas com respostas a partir da escala Likert, para análise estatística descritiva inferencial, e uma questão aberta, em que foi utilizada a técnica de análise textual discursiva. Evidenciou-se que os motivos que levaram ao elevado número (41%) de evadidos no curso estão relacionados com: conciliação do tempo para as atividades de trabalho e a necessidade da presença nas atividades síncronas (aulas por videoconferência e provas); necessidade de maior articulação da universidade corporativa da empresa com os gestores dos empregados, no sentido de facilitar a participação destes nas atividades presenciais; sensibilização quanto aos aspectos trabalhistas, como férias e especificidades da realidade da empresa, como contingências e greves, entre outros fatores.
Aparece nas coleções:Artigo de Periódico (PPGE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
vlfelicetti.pdfOpen Access326.79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.