Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11690/619
Autor(es): Silva, Juliana Cristina da
Título: A influência do gestor escolar na promoção do bem-estar docente
Palavras-chave: Gestão escolar;Gestor escolar;Bem-estar docente
Data do documento: 2015
Editor: Centro Universitário La Salle
Resumo: O presente estudo problematiza gestão escolar e bem-estar docente. Tem por objetivo verificar, a partir do olhar dos gestores e docentes, qual é a influência dos gestores das escolas da Rede Municipal de Canoas na promoção do bem-estar docente. É uma pesquisa qualiquanti, tipo estudo de caso, contextualizada na Rede Municipal de ensino da cidade de Canoas, RS, Brasil. Os sujeitos da pesquisa são os gestores e docentes pertencentes às escolas de Ensino Fundamental da rede em questão. Como parte dos procedimentos metodológicos, tem-se análise documental, revisão de literatura, diário de campo e um questionário, com perguntas fechadas e uma aberta. A análise dos dados dá-se com base em Bardin (2011). A problematização dialoga com autores como Lück (2013, 2014a, 2014b), Saviani (2006), Libâneo (2010), Jesus (1998), Fossatti (2013), Mosquera (1978), dentre outros encontrados na investigação bibliográfica. Também é contemplada a legislação da função gestora, em um recorte que articula as regiões brasileiras e o município de Canoas. Os resultados da pesquisa apontam que fatores como aprendizagem dos alunos, jornada de trabalho, apoio tanto da família do docente quanto a do discente e ainda da gestão escolar, são consideradas causas de bem-estar. Tanto nos bancos acadêmicos quanto na legislação, foi evidenciada a desvinculação da ação gestora e bem-estar docente. No entanto, a postura dialógica, afetiva e de escuta do gestor relaciona-se diretamente com as condições de bem-estar, bem como o compartilhamento das tarefas e responsabilidades. Como ações propositivas, sugere-se que o tema bem-estar seja abordado nas Formações de Gestores Escolares, bem como sua promoção se constitua em uma das atribuições do gestor.
This study discusses the school management and teacher welfare. Aims to verify, from the look of managers and teachers, what is the influence of the Canoas Municipal Network managers in promoting teachers welfare. It is a qualiquanti research, a case study, contextualized in the Municipal Network of Canoas city, RS, Brazil. The research subjects are the managers and teachers who belong to the primary schools of the Network in question. As part of the methodological procedures, there is documentary analysis, literature review, field diary and a questionnaire with closed and open questions. The data analysis occurs based on Bardin (2011). The questioning dialogues with authors such as Lück (2013, 2014th, 2014b), Saviani (2006), Libâneo (2010), Jesus (1998), Fossati (2013), Mosquera (1978), among others found in the literature search. Laws of the management function is also contemplated, in a cutout that articulates the Brazilian regions and the city of Canoas. The research results show that factors such as student learning, working hours, support both from the family of the teacher as from the students and even from the school management, are considered causes of wellness. Not only in the academic banks but also in law, the disassociation of the management action and of the teachers welfare were evidenced. However, the manager dialogic, emotional and listening attitude relates directly to the welfare conditions, as well as the sharing of tasks and responsibilities. As propositive actions, it is suggested that the welfare issue is addressed in the Training of School Managers, as well as its promotion constitutes in one of the manager's duties.
Orientador(es): Fossatti, Paulo
Aparece nas coleções:Dissertação (PPGE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
jcsilva.pdf1.23 MBpdfVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.