Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1161
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorKreme, Michele de Mattospt_BR
dc.date.accessioned2019-05-24T21:30:53Z-
dc.date.available2019-05-24T21:30:53Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11690/1161-
dc.description.abstractA educação a distância se caracteriza como uma modalidade educacional na qual a mediação é efetivada por tutores envolvidos nos processos de ensino e aprendizagem, dispersos geograficamente, com a utilização de tecnologias digitais. Nesse cenário, entendemos que o processo formativo desses tutores ainda suscita reflexões e investigações que possam contribuir para a qualificação da função e do próprio processo formativo em si. É nessa perspectiva que propomos esta dissertação com o objetivo de compreender quais as percepções dos tutores dos cursos de graduação na modalidade a distância da Universidade La Salle acerca do próprio processo formativo, considerando a fluência tecnológica digital e pedagógica para atuar no contexto da cibercultura. Para base teórica, utilizamos autores como Nóvoa (1994 e 2004); Tardif (2002); Lemos (2004); Levy (1999); Schneider (2017); Schlemmer (2011); Santos (2009; 2010; 2014), entre outros que estudam a temática. A presente pesquisa vincula-se à linha de pesquisa denominada “Culturas, linguagens e tecnologias na educação” do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle. Ela é de natureza qualitativa e exploratória, do tipo estudo de caso, no qual foram utilizados, como instrumentos de coleta de dados: análise documental, questionário online respondido pelos 46 tutores participantes e registros textuais realizados no fórum temático. Para a análise e interpretação dos dados, utilizamos a técnica da Análise de Conteúdo, proposta por Bardin (2011). Ao final do estudo, emergiram, dentre várias, quatro categorias de análise mais citadas pelos participantes em suas respostas. Foram elas: o tutor como mediador e dinamizador do processo de ensino e aprendizagem; a formação continuada na apropriação de conhecimento sobre a fluência tecnológica digital e pedagógica; o papel do tutor; a relevância da formação continuada na ação de tutoria. A partir dessas categorias, foi possível compreender as percepções dos tutores sobre sua própria prática, as quais apontaram para o reconhecimento da importância das formações continuadas, tanto para o crescimento profissional quanto pessoal, e principalmente destacando aspectos pedagógicos para atuar na tutoria na modalidade EaD. Também nos foi possível tecer um corpo de recomendações para futuras iniciativas de formação de tutores no contexto da cibercultura.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade La Sallept_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.subjectEducação a distânciapt_BR
dc.subjectFormação continuadapt_BR
dc.subjectTutoriapt_BR
dc.subjectCiberculturapt_BR
dc.titleOlhares dos tutores sobre o próprio processo de formação continuada: um estudo de caso em cursos de graduação em EADpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCasagrande, Cledes Antoniopt_BR
dc.degree.localCanoas/RSpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação - PPGEdupt_BR
dc.publisher.countryBRpt_BR
dc.contributor.advisorcoMantovani, Ana Margôpt_BR
Appears in Collections:Dissertação (Educação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mmkreme.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.