Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1387
Authors: Sena, Katielle de Oliveira Felix de
Title: A contação de histórias nos processos de ensino e de aprendizagem em um terceiro ano do ensino fundamental
Keywords: Alfabetização;Ensino;Aprendizagem;Dificuldade de aprendizagem;Contação de histórias;Família
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: Os sintomas de dificuldade de aprendizagem é um tema muito debatido e estudado pela área da Educação. Na alfabetização, o tema ganha um espaço ainda maior a partir do grande número de alunos que não consegue concluir o processo de alfabetização nos três primeiros anos do Ensino Fundamental. Os alunos, então, são reprovados no terceiro ano, de acordo com o Parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE) e Câmara de Educação Básica (CEB) nº 11/2010. Nesse sentido, é fundamental repensar a prática pedagógica e a forma como os sujeitos constroem os conhecimentos para melhorar os processos de ensino e de aprendizagem, por intermédio de uma metodologia em que os alunos tenham papel ativo em seu processo de aprender. Esta investigação fez parte dos projetos Biblioteca Viva: espaço de apoio ao processo de ensino e aprendizagem, inserido à linha de pesquisa Formação de Professores, Teorias e Práticas Educativas, e Recontextualizar as Ciências e a Contação de Histórias para os Processos de Ensino e de Aprendizagem de Educação Básica à Formação de Professores em Nível Internacional, inserido à linha de pesquisa Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação, ambos do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle, foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa e está disponível para consulta por meio do Certificado de Apresentação para Apreciação Ética- CAEE 98789018.5.000.5307. O objetivo geral da pesquisa é analisar como a contação de histórias, entrelaçada à participação familiar, intervém no desenvolvimento da alfabetização de alunos que apresentam sintomas de dificuldade de aprendizagem. Esta Dissertação teve cunho metodológico qualitativo, optandose pela técnica de Observação Participante. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola municipal de Canoas/RS, com uma turma de terceiro ano do Ensino Fundamental formada de alunos, em maioria, multirrepetentes, com dificuldade no processo de alfabetização. A professora pesquisadora, mediante práticas pedagógicas, utilizou a contação de histórias para desenvolver atividades atinentes à alfabetização, entrelaçadas à participação familiar. As práticas pedagógicas foram desenvolvidas no ambiente escolar e orientadas para serem realizadas no ambiente familiar através do envio de kits de leituras. Os dados da pesquisa evidenciaram que as práticas pedagógicas com a contação de histórias possibilitam a alfabetização de forma contextualizada, com maior interação entre os alunos, com as suas famílias e com a própria professora. Evidencia-se que a aprendizagem ocorre a partir da relação entre professores, alunos e suas famílias, quando o meio pode ser facilitador ou problematizador na superação dos sintomas de dificuldades de aprendizagem. As práticas pedagógicas desenvolvidas no ambiente escolar apresentaram contribuições importantes, pois possibilitaram 8 aos alunos atuarem como protagonistas das suas aprendizagens por meio da ação e da investigação sobre os fatos presentes na história e com a socialização entre os seus pares, o que propiciou trabalhar com os diferentes níveis de alfabetização que permeavam a turma. A interação entre os sujeitos e os objetos de conhecimentos, através da ação, possibilitou os processos de assimilação e acomodação, culminando com a adaptação. A partir do equilíbrio dos sujeitos frente às dificuldades encontradas, inicialmente, com as práticas pedagógicas, houve a possibilidade de construção de novos esquemas, fator determinante para que ocorra a aprendizagem. Os dados indicam a oscilação da participação familiar na participação das práticas propostas. Ao comparar o rendimento escolar dos alunos, foi observado que os que mostraram melhor desenvolvimento na alfabetização foram os que tiveram seus familiares fazendo parte do projeto proposto de modo mais intenso.
metadata.dc.contributor.advisor: Felicetti, Vera Lúcia
Appears in Collections:Dissertação (Educação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
kofsena.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.