Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1638
Authors: Silva, Carlos Augusto Godoi da
Title: Narrativas de memória dos servidores da Coordenadoria de segurança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: o cotidiano e o pitoresco no seu imaginário
Keywords: Memória social;Narrativas;UFRGS;Coordenadoria de segurança da UFRGS;Experiências pitorescas
Issue Date: 2021
Publisher: Universidade La Salle
Citation: SILVA, C. A. G. Narrativas de memória dos servidores da Coordenadoria de segurança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: o cotidiano e o pitoresco no seu imaginário. 2021. 124 f. Dissertação (mestrado em Memória Social e Bens Culturais) - Universidade La Salle, Canoas, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/1638. Acesso em: 21 maio 2021.
Abstract: O presente estudo tem como propósito descrever, rememorar e resgatar as lembranças e as experiências pitorescas vivenciadas no cotidiano dos vigilantes da UFRGS, por meio de narrativas. Para maior compreensão, buscou-se investigar, a partir do estudo da memória social, de que forma essas experiências estão alicerçadas na memória desses servidores. Utilizou-se como suporte teórico as concepções de autores como Maurice Halbwachs (2006) e Michael Pollak (1992), para tratar de algumas noções sobre memória social; Icléia Tiessen (2013) e Paulo Nassar (2012) para falar sobre memória institucional; recorreu-se à teoria de Howard Becker (2008) e à Stuart Hall (1997), para proferir sobre identidade; à Peter Burke (2004) e Humboldt (1952), para contextualizar o pitoresco; o pensamento de Alberto Melucci (2005) e de Henri Bergson (1999), para dialogar sobre cotidiano e, por fim, articulou- se o arcabouço dos autores Cornelius Castoriadis (2010) e Lev Vygotski (2011), para discorrer sobre o imaginário. Rememorar momentos de vida pelas representações torna-se um ato revelador de imagens que, em nosso âmago, são inextinguíveis. Assim o foi com os vigilantes. Ao recordar e narrar suas experiências sobre os fatos pitorescos, eles buscaram, em seus reservatórios, as representações mais significativas para narrar. O sentido que é dado aos fatos narrados pelos vigilantes pode ser variado e deve ser calculado pelo leitor por meio de uma organização lógica e da consideração dos contextos situacionais. Trata-se de uma investigação com viés metodológico de caráter qualitativo e descritivo. No próximo momento, utilizou-se como instrumento de coleta de dados a entrevista de profundidade, realizando entrevistas individuais, e, na sequência, o tratamento dos dados por meio da análise de conteúdo. É indispensável salientar que a principal conclusão da pesquisa está no reconhecimento do valor das memórias contadas por todos os entrevistados.
metadata.dc.contributor.advisor: Waismann, Moisés
metadata.dc.contributor.advisorco: Isaia, Artur Cesar
Appears in Collections:Dissertação (PPGMSBC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cagsilva.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.