Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/2604
Authors: Durães, Maria de Fatima Brito
Title: As metodologias ativas como prática educativa nos processos de aprendizagem: um estudo de caso no curso de educação física da faculdade La Salle de Manaus
Keywords: Metodologias ativas;Processo de ensino;Competências
Issue Date: 2021
Publisher: Universidade La Salle
Citation: DURÃES, M. D. B. As metodologias ativas como prática educativa nos processos de aprendizagem: um estudo de caso no curso de educação física da faculdade La Salle de Manaus. 2021. 173 f. Dissertação (mestrado em Educação) - Universidade La Salle, Canoas, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/2604. Acesso em: 11 mar. 2022.
Abstract: Nossa sociedade passa por momentos de intensas transformações. Nunca foi tão necessário que os sujeitos se apropriem do conhecimento, produzindo-o, divulgando-o e utilizando-o de forma a construir novos conhecimentos, relevantes e úteis, em uma perspectiva ética e socialmente responsável. Sob esse prisma, as metodologias ativas podem servir de elemento catalisador de novas formas de pensar e trabalhar o processo de ensino-aprendizagem no ensino superior, preenchendo lacunas hoje existentes. Nesse contexto, o objetivo geral do presente projeto de dissertação consiste em analisar a contribuição das metodologias ativas como prática educativa nos processos de ensino-aprendizagem, no curso de Educação Física da Faculdade La Salle de Manaus. Trata-se de uma pesquisa vinculada à linha de pesquisa Formação de Professores, Teorias e Práticas Educativas do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade La Salle de Canoas, Rio Grande do Sul. A metodologia, de abordagem qualitativa, adotou o estudo de caso como tipologia (YIN, 2010), cuja unidade de análise consiste nos estudantes e docentes do Curso de Educação Física da Faculdade La Salle de Manaus. Os dados foram coletados por meio de questionário anônimo (GIL, 2008) enviados aos participantes, respeitando-se os aspectos éticos. Os resultados foram examinados por meio da Técnica de Análise de Conteúdo, seguindo as orientações de Bardin (2016). Como principais autores que sustentaram as reflexões teóricas elegemos Freire (2011), no que concerne a conceitos de diálogo, problematização, pedagogia da autonomia, pedagogia da pergunta; Ausubel (1982), no tocante à teoria da aprendizagem significativa; Masetto (2012), com relação à docência no ensino superior; Morán (2014), sobre as metodologias ativas. Acreditamos que compreender como os docentes pensam o seu perfil de ensinagem1 é de extrema relevância para a educação superior. O estudo nos levou à identificação da categoria “aprendizagem”, assim como das subcategorias “processo”, “protagonismo” e “ensino”. Nos proporcionou também uma síntese do olhar de docentes e estudantes para as competências desenvolvidas pelas metodologias ativas, como capacidade de resolver problemas, autogestão do tempo, pensamento crítico analítico, domínio de múltiplas linguagens, visão integradora, visão sistêmica argumentação e diálogo, criatividade, trabalho em equipe, resiliência, proatividade. Assim, ao propor metodologias ativas como estratégias de ensino e aprendizagem para o curso de Educação Física, incentivamos a reflexão e o conhecimento sobre outras formas de desenvolver os processos de ensino e aprendizagem. Trata-se de um novo olhar sobre a ação docente que extrapola as paredes da sala de aula e que poderá superar o hiato existente entre conhecimentos teóricos e a realidade que nos cerca. Tais ações, por consequência, se refletirão no aluno, pelas possibilidades que favorecem à transformação do sujeito, não mais passivo e dependente, mas agora autônomo e preparado para os desafios cotidianos.
metadata.dc.contributor.advisor: Jung, Hildegard Susana
Appears in Collections:Dissertação (PPGE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mfbduraes.pdfOpen Access3.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.