Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11690/3322
Autor(es): Meinhardt, Moana
Silva, Gilberto Ferreira da
Título: Na contramão da lógica disciplinar: revisitando o ensino de graduação desde a vivência da pesquisa-ação sob a perspectiva da interdisciplinaridade.
Palavras-chave: Educação superior;Interdisciplinaridade;Projeto pedagógico;Pesquisa-ação
Data do documento: 2022
Editor: Arizona State University
Citação: MEINHARDT, M.; SILVA, G. F. Na contramão da lógica disciplinar: revisitando o ensino de graduação desde a vivência da pesquisa-ação sob a perspectiva da interdisciplinaridade. Archivos Analíticos de Políticas Educativas, [S.l.], v. 30, n. 131, p. 1-16, 2022. Disponível em: https://epaa.asu.edu/index.php/epaa/article/view/7176. Acesso em: 19 set. 2022.
Resumo: O artigo sintetiza a tese de doutoramento que teve como objeto de estudo a interdisciplinaridade no ensino de graduação. A investigação se desenvolveu em uma universidade brasileira, contemplando a construção de uma nova unidade acadêmica, denominada Escola e dos projetos pedagógicos dos cursos de graduação a ela vinculados. Participaram do estudo quatro diretores de instituto, oito coordenadores dos cursos, a coordenadora pedagógica e um grupo de professores selecionados pelos coordenadores. Tratou-se de uma pesquisa – ação qualitativa, que teve como objetivo geral: Avaliar em que medida o processo de construção coletiva do Projeto Político Pedagógico da Escola de Educação e Humanidades conseguiu romper com a lógica disciplinar, assumindo a interdisciplinaridade como um princípio do Projeto Pedagógico dos cursos de graduação. Dentre os achados do estudo, destaca-se a adequação do método de pesquisa-ação que oportunizou o exercício da interdisciplinaridade pelos participantes, a combinação de três elementos na organização curricular dos cursos, que contribuíram para romper com a lógica disciplinar: temas, competências e projetos e o papel fundamental da construção coletiva do projeto pedagógico da Escola e dos cursos de graduação, para que os professores pudessem construir sua identidade em torno do projeto formativo, do qual se tornaram pertencentes e corresponsáveis.
Aparece nas coleções:Artigo de Periódico (História)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
mmeinhardt.pdfOpen Access329.59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.