Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/592
Authors: Ahlert, Mariana Charlier
Title: Corpo, cultura e formação: um estudo crítico reflexivo das práticas educativas em Ginástica Rítmica
Keywords: Ginástica rítmica;Cultura contemporânea;Práticas educativas;Corpo;Formação
Issue Date: 2011
Publisher: Centro Universitário La Salle
Abstract: Esta dissertação consiste num estudo crítico reflexivo das práticas educativas em Ginástica Rítmica (GR) experimentadas por mim na interlocução com alunas/ginastas e colegas professores desta modalidade. O estudo teve como foco principal compreender diferentes sentidos emergentes das práticas educativas em GR, a partir das práticas cotidianas de sujeitos envolvidos diretamente na modalidade, e especialmente a partir da minha vivência como educadora física em diálogo permanente com os diferentes elementos da paisagem educativa em que me inscrevo. Ao longo do Mestrado fui construindo novos sentidos para minha própria experiência como educadora e nisso consistiu o eixo central deste trabalho: observar/refletir-registrar-dialogar tornou-se uma equação que acompanhou o trabalho do começo ao fim, numa circularidade hermenêutica que já não permite mais distinguir fronteiras entre a pesquisa e a formação. Estudar as práticas educativas e seus efeitos passa por compreender os sentidos atribuídos pelos próprios praticantes e educadores no cotidiano, porque é da epistemologia de suas práticas, de suas crenças e dos sentidos atribuídos ao que fazem, que poderão emergir, ou não, novas modalidades de relação com os próprios corpos e formas de pensar esta relação. A pesquisa teve um cunho fundamentalmente qualitativo exploratório, de forte caráter autorreferente, embora conte com um bom aporte de interlocuções decorrentes do contato direto com ginastas e professoras da modalidade em questão. Envolveu, sobretudo, o mergulho na paisagem real onde se dão as práticas educativas em GR. Foram utilizadas fundamentalmente as técnicas de observação participante com registro em notas de campo e entrevistas semi-estruturadas com ginastas e professoras da modalidade.
This dissertation is a study of critical reflective educational practices in Rhythmic Gymnastics (RG) experienced by me in a dialogue with students/gymnasts and fellow teachers of this modality. The study focused mainly at understanding different meanings emerging from the educational practices in GR, from the daily practices of individuals directly involved in the sport, and specially from my experience as an educator in physical dialogue with the different elements of the educational landscape in which Isubscribe. Throughout the Masters was building new meanings to my own experience as an educator and there in was the theme of this work: observe/reflect-register dialogue became an equation that followed the work from beginning to end, in a hermeneutic circularity that no longer allows longer distinguish the boundaries between research and training. Study the educational practices and their effects involves understanding the meanings attributed by educators and practitioners themselves in everyday life, because it is the epistemology of their practices, their beliefs and meanings attributed to what they do, which may emerge, or not, new ways of relationship with their bodies and ways of thinking about this. There search was primarily an exploratory qualitative nature of auto reference strong character, although it has a good supply of dialogues from direct contact with teachers gymnasts and the sportin question. Involved, especially the dip in the real landscape where you give the educational practices in RG. We used basically the participant observation techniques to record in field notes and semi-structured interviews with gymnasts and teachers of the sport.
metadata.dc.contributor.advisor: Ratto, Cleber Gibbon
Appears in Collections:Dissertação (Educação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mcahlert.pdf452.03 kBpdfView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.