Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1113
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSiqueira, Tiago Adamipt_BR
dc.date.accessioned2019-02-07T19:35:46Z-
dc.date.available2019-02-07T19:35:46Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11690/1113-
dc.description.abstractO presente trabalho visa examinar o fenômeno da judicialização envolvendo o reconhecimento de atividade dos segurados especiais no Regime Geral de Previdência Social. Considerando que o INSS figura como um dos maiores réus do país (em número de ações judiciais), o presente estudo tem por objetivo analisar as principais causas que geram o indeferimento dos requerimentos administrados pelo Instituto Nacional do Seguro Social e o posterior, eventual, reconhecimento do pleito em ação judicial específica. Após a promulgação da Constituição Federal de 1988 e da publicação das Leis 8.212/91 e 8.213/91, os trabalhadores rurais foram incluídos no Regime Geral de Previdência Social, sendo que receberam um tratamento diferenciado em decorrência de suas peculiaridades, o que resultou na criação do chamado segurado especial. A pesquisa contextualiza a evolução dos direitos humanos e fundamentais com a proteção previdenciária concedida pela Previdência Social brasileira aos trabalhadores rurais. O estudo disseca todos os procedimentos que são adotados no âmbito administrativo e judicial. Analisa o fluxo decisório envolvendo a matéria previdenciária, desde os princípios do processo administrativo previdenciário, passando pela construção das normas infralegais e análise da legislação constitucional e infraconstitucional e culminando no processo decisório judicial. Esta dissertação de mestrado utiliza como teoria de base os ensinamentos de Max Weber referente as formas de dominação, dedicando especial atenção ao estudo da burocracia weberiana. Sugere-se que a diminuição das ações judiciais depende de uma ação conjunta de toda estrutura da administração pública envolvida no conflito, e que a análise correta e célere no âmbito administrativo é uma forma de concretização da justiça social.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade La Sallept_BR
dc.rightsRestricted Accessen
dc.subjectConflito Previdenciáriopt_BR
dc.subjectSegurado Especialpt_BR
dc.subjectRegime Geral de Previdência Socialpt_BR
dc.subjectDireitos Fundamentaispt_BR
dc.titleO segurado especial e a judicialização dos conflitos no regime geral da previdência social brasileiro (2015-2017): uma análise à luz dos direitos fundamentaispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCademartori, Daniela Mesquita Leutchuk dept_BR
dc.degree.localCanoas - RSpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós Graduação em Direito da Universidade La Salle - PPGDpt_BR
dc.publisher.countryBRpt_BR
Appears in Collections:Dissertação (Direito)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tasiqueira2.pdf128,57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.