Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1256
Authors: Zawaski, Tatiane Peres
Title: A autobiografia no processo de constituição docente: reflexões sobre “ser” professor do ensino médio
Keywords: Formação de professores;Identidade docente;Autobiografia;Educação descolonizadora
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: A formação de professores é um tema que vem sendo muito discutido nas últimas décadas, sendo que mesmo diante dos avanços, ainda estamos em uma longa caminhada para que se atinja o que se espera tanto em reflexões, como na formação propriamente dita. A presente pesquisa tem como objetivo analisar como os professores do Ensino Médio, de uma escola da rede privada, da região metropolitana, constroem sua identidade e se constituem como profissionais da educação. A investigação está vinculada à linha de pesquisa “Formação de Professores, Teorias e práticas educativas”, do Programa de Pós-graduação em Educação, da Universidade La Salle. A metodologia abrange um estudo qualitativo, a partir de uma pesquisa narrativa. Aplicou-se dois instrumentos para recolha de dados, primeiramente foi solicitado aos participantes a produção de uma autobiografia, em um segundo momento aplicou-se a entrevista narrativa. Todos os dados foram analisados a partir da perspectiva de Análise Textual Discursiva. Em busca de um olhar outro, optou-se por recorrer para a produção de autores latinoamericanos, no que tange aos pressupostos inerentes à formação de professores. Além de uma opção, este arcabouço teórico é base dos estudos do Grupo de Pesquisa Educação Intercultural(GPEI), servindo, em muitos momentos, de amparo para a análise e a crítica. Assim, utiliza-se os conceitos oriundos dos estudos de Walsh (2016), Mignolo (2008; 2017), Vaillant (2007; 205; 2016), Fanfani (2007), Gatti (2017). Ao término da pesquisa, compreende-se que a constituição, assim como os processos identitários, necessitam ser refletivos dentro das escolas, em especial, no Ensino Médio, modalidade que vem passando por transformações nos últimos anos. Foi perceptível que a admiração por determinado professor, assim como a afinidade com a disciplina marca a trajetória das educadoras no processo de escolha da carreira. Constata-se a necessidade de uma formação em que se valorize o educador. Sugere-se à gestão redes colaborativas, com as trocas entre pares, dentro das próprias instituições, tendo em vista que a escola é um espaço privilegiado, onde circundam experiências de educação e vida que oportunizam o pensamento e a atuação.
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Gilberto Ferreira da
Appears in Collections:Dissertação (Educação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tpzawaski.pdf1,36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.